Project Description

Neurorreabilitação

Medicina Física e Reabilitação é a área médica que visa tratar o paciente que sofreu alguma lesão ou doença que atinja diretamente a sua capacidade física e/ou cognitiva. O objetivo do tratamento de reabilitação é devolver ao paciente a sua funcionalidade e melhorar a sua qualidade de vida, dentro de suas possibilidades.

No meu caso, atuo com foco especialmente voltado para a reabilitação de pessoas com sequelas neurológicas, isto é, na área chamada de Neurorreabilitação – um conceito relativamente novo na Medicina, no qual o diagnóstico de um quadro crônico e/ou degenerativo não é mais aceito como uma sentença de isolamento social ou de privação total das suas funcionalidades.

Hoje, o universo da Neurorreabilitação conta com diversas alternativas terapêuticas. Sendo assim, o médico neurologista (ou fisiatra) deve atuar nesses casos como o maestro de uma grande orquestra, que conta com diversas outras especialidades e subespecialidades, que trabalham de forma inter e/ou multidisciplinar, conforme o plano de tratamento individualizado traçado para cada paciente.

Há, portanto, uma ampla gama de expertises e abordagens que se somam para benefício desses pacientes. Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Fisiatria e Neuropsicologia são apenas alguns exemplos de áreas geralmente indispensáveis no campo da Neurorreabilitação. Cabe destacar também a importância ímpar dos tratamentos com toxina botulínica na área neurológica, que cada vez mais se consolidam como de fundamental importância para proporcionar melhores condições de manejo, maior conforto e mobilidade para esses pacientes.

Embora as expectativas possíveis variem muito de caso para caso, de uma maneira geral, o que podemos esperar em um programa de Neurorreabilitação inclui:

  • Mais conforto físico nas rotinas diárias;

  • Ganhos de autonomia e/ou de melhores condições de manejo pelos cuidadores;

  • Melhoria dos sintomas físicos e/ou cognitivos relacionados ao quadro neurológico;

  • No caso dos quadros neurodegenerativos, adiamento de perdas funcionais e cognitivas pelo maior tempo possível;

  • Maior inserção e interação social, dentro das possibilidades de cada quadro;

  • Ganhos psicológicos e emocionais que, em geral, impactam também no convívio familiar e na resposta ao tratamento.

Praticamente todas as doenças que causem danos e sequelas neurológicas para o paciente, sejam elas no plano físico, mental ou cognitivo, merecem ser abordadas sob a ótica da Neurorreabilitação. Quadros de ordem genética, sequelas de quadros infecciosos, complicações de parto, traumas cerebrais e as doenças neurodegenerativas em geral candidatam-se a um plano de tratamento que siga esses preceitos. O primeiro passo é o paciente passar pela avaliação de um neurologista ou neurologista infantil, para que, a partir daí, sejam identificadas as condutas mais desejáveis para a sua situação específica.

Contato

Rua dos Pinheiros, 498, conj.81
Pinheiros, São Paulo – SP | CEP: 05422-000

Tel. (11) 2309-4590

Tire suas dúvidas

Obrigada pela sua visita a esta página! Este site tem o propósito de ser um canal interativo, que promova a disseminação de informações seguras e confiáveis sobre saúde. Tem dúvidas sobre algum tratamento e/ou procedimento, ou então gostaria de agendar uma consulta para uma avaliação individualizada? Envie-me uma mensagem por meio do formulário disponível abaixo. Em breve a minha equipe entrará em contato, retornando à sua demanda.


* Campos obrigatórios